Contato Físico (namoro)

Contato Físico Namorados

Querido Pastor Davi

Estou passando por dificuldades em meu namoro.

Não tem sido fácil para mim e meu namorado, temos tido problemas na área física/contatos físicos. Tenho 23 anos e ele 27, estamos namorando há 1 ano e 5 meses.

Não tivemos relações sexuais mas não tem sido fácil controlar. Já tentamos mil coisas para conter nossa vontade mas às vezes fracassamos e nos abraçamos mais do que deveríamos. Depois nos sentimos muito tristes, pedimos perdão ao Senhor, Ele revigora nossas forças e quando de repente fraquejamos de novo.

Nós queremos nos casar mas ainda não temos sustento.

Em alguns momentos ficamos sem chão, bate um desânimo tão grande...

O mundo nos rodeia e cerca de sugestões, daí fica mais difícil dizer não para algo que queremos.

Eu e ele já lemos tanto à respeito disso, sabemos as tristes conseqüências deste pecado e especialmente a tristeza que causamos ao coração de Deus por causa desobediência, só que infelizmente nem sempre pensamos nisso, nem paramos para pensar é mais forte do que nós.

Quando temos este problema em mente a única coisa que nos lembramos na Palavra de Deus é o texto:

MAS, SE NÃO PODEM CONTER-SE, CASEM-SE. PORQUE É MELHOR CASAR DO QUE ABRASAR-SE. I CO 7:9

Nós nos amamos, queremos formar uma família, viver juntos, enfim queremos muuuuuuito nos casar mas não podemos. Eu penso que essa seria a solução, mas até o momento creio que não o que Deus planeja pois não nos tem dado meios para isso.

Gostaria de coração, ouvir algum conselho seu à respeito disso, pois a batalha não tem sido fácil.

DEUS O ABENÇOE RICAMENTE...

 

Amiga:

Obrigado pela sua carta tão aberta e sincera.  Entendo muito bem o seu dilema, e aprecio muito o desejo que ambos têm de viver uma vida agradável ao Senhor. 

Tenho alguns pensamentos acerca da sua situação, mas provavelmente não uma "solução definitiva".  Gostaria de alistar algumas idéias:

1) Concordo com vocês que o casamento é a melhor opção de todas.  Também entendo que, humanamente falando, não parece ser possível no momento.  Só gostaria de sondar as razões por que não.  Casais hoje estão esperando cada vez mais para casar, pois exigem cada vez mais "segurança" (principalmente, financeira) antes de se casarem.  Mas pouco realmente é necessário.  Precisam contar o custo, sem dúvida, mas devem avaliar todos os aspectos do "estilo de vida" de vocês para ver se tudo que querem realmente é necessário, especialmente se está "custando" vocês a vontade de Deus (o casamento).  Minha sugestão (e parece ser a vontade de vocês, também) seria de fazer qualquer sacrifício para casarem-se tão logo quanto possível.

2) Reconhecendo que, vai demorar pelo menos um um tempo para isso acontecer, sua segunda opção (biblicamente falando), será de tomar medidas RADICAIS para evitar a fornicação.  Sei que ainda não tiveram relações sexuais (pelo menos fisicamente falando; mas provavelmente isso já aconteceu a nível do coração, se não no seu, certamente no coração do seu namorado; o que Jesus considera fornicação em Mt 5).  Como vocês sabem, estão brincando com o fogo.  Jesus recomendou cortar e jogar fora o membro do nosso corpo que causa o pecado.  Em outras palavras, tomar medidas radicais para fugir dele.  Creio que no caso de vocês, precisam sentar e conversar sobre o que isso significa.  Talvez tenham que considerar a possibilidade de um jejum total de contato físico, além de dar as mãos.  As Escrituras são cheias de exortações de fugir da imoralidade (1 Co 6.18, Pv 5.8, 1 Ts 4.3-8).  Vocês realmente são sérios sobre o desejo de viver uma vida agradável a Deus?  Caso sim, farão o possível para viver de acordo com a vontade dEle.  Creio que essa medida pode até ajudar vocês a fazerem os outros sacrifícios necessários para casarem-se!!!  Sei que pedir isso de um jovem casal hoje parece "de outro mundo", mas afinal, nossa cidadania não é deste mundo.  Tenho um filho de 20 anos que está namorando a mais tempo de vocês, e eles tomaram a decisão de evitar contato físico além de segurar as mãos até o casamento.  É difícil?  Claro que sim.  Alguns consideram isso um absurdo?  Sim.  Mas estão protegendo seu relacionamento, e construindo-o sobre um fundamento mais sólido que mera atração física.

Na nossa experiência, essa questão da pureza sexual antes do casamento é de extrema importância, não somente (embora principalmente) por causa da glória de Deus em vocês agora, mas também porque o plano de Deus é perfeito, e também visa a alegria de vocês no futuro.  Um pouco de disciplina e força agora prepararão vocês para as tentações do futuro.  Lamentações 3.23 diz, "Bom é para o jovem suportar o jugo na sua mocidade".  Também temos notado uma tendência nos casais, uma "fórmula" de relacionamento físico entre casais que diz, "Quanto mais agora, menos depois".  Em outras palavras, quanto mais vocês experimentarem o prazer físico precipitado (antes de selarem sua "aliança" conjugal), menos "mistério" para desvendar depois.  Os casais que derrubam todas as barreiras antes do casamento, tendem a perder interesse no relacionamento sexual mais cedo no decorrer dos anos depois.  Por favor, tomem todas as providências agora, mesmo que radicais, para estarem prontos para uma vida de alegria e prazer total como casados.

Há muito mais que poderia dizer, mas basta.  Que Deus lhes dê muita direção, acordo mútuo, e força para resistir o mal e agradar a Deus.

Pr. Davi Merkh