Estudar a Bíblia

Olá pastor,

Agradeço ao senhor que tem me ajudado a esclarecer algumas dúvidas que tenho tido ao longo da caminhada cristã. Tenho buscado a Deus, mas gostaria de espalhar o amor de Deus para as outras pessoas. Tenho tido dificuldades de estudar a Bíblia, de tirar lições práticas pra minha vida. Quando a leio, parecem ser as mesmas histórias que outras pessoas contam, nada de novo. Quando tento praticar algo da Palavra, parece que não vem de um coração sincero, direcionado pelo Espírito Santo... não sei se você me entende ?!   Mas o que fazer então para que a Bíblia de fato seja um agente transformador em minha vida ??? Muito se fala em meditação, estudo bíblico. O senhor segue algum plano de leitura da Bíblia ???

Agradeço ao senhor se pude esclarecer essas dúvidas,

 

Resposta

Obrigado pela carta e pelas perguntas, que certamente não são só suas . . . muitas pessoas lutam com elas.

O estudo bíblico é algo muito pessoal.  Às vezes, acho que ficamos tão preocupados com programas, sistemas e métodos que esquecemos de que a leitura da Palavra faz parte de uma conversa, em que Deus fala conosco.  Representa um lado de um RELACIONAMENTO e não somente uma "disciplina".  1 Pedro 2.2 deixa claro que nosso desejo pela Palavra deve ser ardente, como criança recém-nascida.  Na minha experiência, a falta desse sentimento deve-se ao fato de que não reconhecemos nossa NECESSIDADE de alimento espiritual, da presença de Deus.  Isso, porque não conhecemos suficientemente bem nosso próprio coração, nossa incapacidade de fazer qualquer coisa sem Deus.  Ao mesmo tempo, às vezes, mesmo reconhecendo nossa necessidade, falta-nos recursos, ou seja, método, para extrair da Bíblia as muitas riquezas que ela tem.

Sua pergunta é tão abrangente que não sei nem onde começar.  Em parte, é para responder pessoas famintas como você que leciono num seminário bíblico, para instruir jovens a descobrir que a Palavra de Deus é a nossa vida.

Creio que não existem "regras".  Nos tempos bíblicos, o povo nem possuía uma Bíblia própria.  Seu "estudo bíblico" era pura e simplesmente meditar nos textos lidos na sinagoga, ensinados em casa.  Era uma comunhão com o Senhor, expressa em oração e meditação na Palavra.

Agora, com a Palavra disponível para todos nós, existem muitos métodos.  Mas diria que nenhum método pode ficar tão rígido que mate o prazer de ler e estudar a Bíblia.

Pessoalmente, tenho usado MUITOS métodos, e vario, quando percebo que estou caindo na monotonia.  Por exemplo, alguns métodos que tenho usado:

    1) Leitura da Bíblia toda (ou do NT).  Há muitos planos disponíveis.

    2) Diário da Hora Silenciosa, publicado pela Palavra da Vida (nosso ministério), é uma ótima ferramenta para passar pela Bíblia, parágrafo por parágrafo, escrevendo um pequeno comentário (sentenças) sobre o significado do texto e sua aplicação para SUA vida naquele dia. 

    3) Estudo de um livro bíblico por mês.  Deve se anotar cada dia: Observações, Interpretações, Aplicações.

    4) Outros livros devocionais (existem MUITOS no mercado).     Nós mesmos escrevemos um livro chamado O Mapa do Tesouro--que é um guia devocional para famílias e/ou seus filhos de 10 a 15 anos de idade baseado no livro de Provérbios

    5) Uma boa técnica seria ler um capítulo de Pv por dia, conforme o número do dia do mês

Parece-me que você tem um desejo sincero de estudar e PRATICAR a Palavra de Deus com seriedade.  Creio que você quer mais que simples métodos de estudo.  Você precisa ser discipulado e ensinado, algo que não consigo fazer por carta.  Seria ótimo se você conseguisse alguém que você respeita e admira, ou até mesmo várias pessoas, para lhe ensinar como elas estudam a Palavra de Deus e tiram princípios.  Pode até considerar a possibilidade de matricular-se num bom seminário ou instituto bíblico.  Desculpa a propaganda, mas é justamente por isso que nosso ministério, Palavra da Vida, tem escolas bíblicas e um programa chamado "Projeto Marcos".  Pense nessa possibilidade também.

Mais uma vez, obrigado pela carta.

Pr. Davi Merkh