56- Abaixo a Mediocridade (Abril 2004)

ABAIXO A MEDIOCRIDADE!!!

“... dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer,...” 1 Crônicas 12.32

 ·         Fanático coleciona fotos sobre tratores

·         Opine sobre o canteiro da Alvorada

·         Tuca Andrada ganha beijo de Gianecchini

·         Flamengo usa frase de Geninho para processar o Vasco

·         Antecipe seu destino no jogo do amor

Estas são algumas notícias que encontrei hoje (16/04) na Internet. Senti vontade escrever alguma coisa e enviar para o provedor da Internet (não o fiz). Quanta mediocridade. Quanta futilidade. Quanta fofoca. Nada de conteúdo. Nada sadio. Alguns chamam isso de informação, de cultura. O que eu tenho a ver com o Flamengo processar o Vasco usando a frase do Geninho? (sou corintianíssimo) Estou pouco me importando com o beijo que o Gianecchini deu no Tuca Andrada (aliás, quem é Tuca Andrada?) Sou “convidado” para opinar sobre o canteiro novo de sálvias vermelhas com o formato da estrela do PT que mandaram construir no Palácio da Alvorada (não dá nem para apanhar uma para minha esposa).

Enquanto isso, o desemprego no país continua crescendo; governantes estão cegos, perdidos no tiroteio com os traficantes; falsos “flanelinhas” assaltam-nos em todas as esquinas onde estacionamos nossos carro; nossos filhos, cujo problema disciplinar na escola há 20 anos atrás era mascar chiclete em sala de aula, hoje enfrentam as drogas, o alcoolismo e o abuso sexual; nossas rodovias parecem mais uma colcha de retalhos, de tantos remendos, a despeito dos escorchantes pedágios que pagamos; a imoralidade sexual, que desfaz casamentos, que faz com que os filhos sejam abandonados, e que causam desastres emocionais terríveis, não é discutida seriamente.

Não posso jogar o bebê junto com a água suja da banheira. Há algumas notícias interessantes e úteis na Internet, mas são poucas, se comparadas ao demais conteúdo.

O problema é que esta futilidade tem sido transferida para a igreja. A profundidade espiritual tem sido substituída pela superficialidade das emoções. A fome pela Palavra de Deus tem sido substituída pela insaciabilidade do entretenimento. O compromisso com Cristo tem sido substituído pelo utilitarismo de Cristo. A pregação da Palavra tem sido mesclada, senão substituída, por psicologia da auto-ajuda. Talvez você esteja pensando: “O pastor está escrevendo umas coisas difíceis.” Sim, pode ser, pois hoje todo mundo quer coisas simples, nada que exija reflexão, algo light.

Todos querem atalhos rápidos e fáceis.

     Será que o nosso “papo” evangélico não tem apresentado pouco conteúdo, assim como as “notícias” da Internet?

Precisamos ler e entender a nossa época para escaparmos do esquema do mundo. Se os cristãos conservam-se dentro da ética bíblica e mantêm-se fora do “esquema”, formando e criando famílias saudáveis, eles serão a esperança de mudança futura. É importante trazermos os valores cristãos de volta à tona. Precisamos investir mais na internalização da Palavra de Deus, vivermos uma vida mais compatível com o evangelho. Precisamos aprender mais o que significa vida consagrada, confissão de pecados e correção de vida. Precisamos de uma vida cristã que seja mais do que uma hora e meia de culto por domingo. Precisamos  ter mais zelo, mais seriedade, mais dependência de Deus.

     As futilidades podem entreter por um tempo, mas não produzem cristãos capazes de agir com qualidade, criatividade e compromisso para ser sal da terra e luz do mundo.

     Abaixo a mediocridade!

Que o Senhor Jesus, em quem estão todos os tesouros da sabedoria, nos abençoe e nos ajude.

Pr Silas Arbolato da Cunha

Abril/2004