Devocionais Dirigidas IV: Amigos para Sempre (jovens) (4)

Amigos para Sempre

(devocionais para jovens) 

Os estudos a seguir incluem seleções extraídas do livro O Mapa do Tesouro por David J. Merkh.

As pessoas com quem andamos podem ser como “pedras de afiar” ou “bananas”.  O amigo “banana” não nos faz bem nenhum.  Só nos suja.  Mas o amigo tipo “pedra de afiar” provoca melhoras em nosso caráter.  É isso que a Bíblia diz do verdadeiro amigo:  “Como o ferro com o ferro se afia, assim o homem ao seu amigo.” (Pv 27:17) 

Alguns dizem que o homem é conhecido pelos amigos que têm.  O bom amigo constrói o caráter de seu colega.  O "amigo" perverso corrompe seu companheiro.   Nossos companheiros têm uma FORTE influência no desenvolvimento do nosso caráter.  O filho de Deus reconhece a importância de manter uma identidade em suas amizades coerente com sua posição digna na família de Deus. 

Antes de estudarmos as características do bom amigo e o companheiro que devemos evitar, seria bom lembrar que as pessoas que escolhemos para serem nossos amigos espelham nosso coração.  Quando entendemos quem nós somos como filhos de Deus, aceitos e amados incondicionalmente por Ele, peregrinos na terra, cidadãos do céu, cobertos pela graça de Deus . . . . nossos amigos naturalmente refletirão esses valores.  Não quer dizer que não teremos amigos e colegas não-crentes, mas que nosso propósito em TODOS os relacionamentos será glorificar a Deus como filhos amados.

Dia 1:  "Fugindo das Más Companhias"

"O tolo escolhe amigos perversos

Que levam sua vida a males diversos." 

Marcelo realmente admirava "os quatro".  Foi assim que seus colegas haviam apelidado o quarteto de brigões da escola que andavam--e bagunçavam--juntos.  Eram conhecidos como os rapazes mais duros, mais rebeldes e mais fortes da escola.  Todo mundo tinha medo deles, inclusive a diretora. 

Imagine, então, o susto que Marcelo levou quando Pedrão, o líder do grupo, chamou-o de lado para uma "conversa".  Mas o susto virou alívio quando Pedrão convidou-o para participar de uma pequena "festa" no sábado à noite.  Marcelo sentiu-se honrado. Não podia perder esta chance de ganhar o respeito que tanto almejava--custasse o que custasse.

 

O que você teria feito no lugar do Marcelo? Leia Provérbios 3.31-35 e identifique as características do companheiro perverso que o  filho sábio evita. 

Quais são as qualidades desejáveis num amigo? 

Você tem um amigo verdadeiro? 

Você tem sido um amigo de verdade? 

Quais são os níveis de intimidade entre amigos? 

Como saber se devo ou não avançar na amizade com alguém? 

Quais são os padrões divinos para namoro e noivado visando o casamento e a intimidade total entre duas pessoas? 

Tentaremos responder a estas e outras perguntas neste estudo sobre amizade em Provérbios. 

Para Refletir

Pense numa amizade que o tenha influenciado negativamente.  Quais foram as conseqüências?  Você já identificou pessoas de má influência na sua escola, serviço ou vizinhança?  que usam ou vendem drogas? são imorais? são "brigões"? são bêbados?  Como evitar sua influência?  Como ser uma influência positiva na vida de outros hoje?  

Dia 2:  "A Turma da Pesada"

 "Andar com o homem revoltoso,

Para o filho de Deus é perigoso." 

Algo em Rony realmente atraía Zezinho.  Ele tinha tudo que lhe faltava--auto-confiança, ousadia, coragem para falar e fazer tudo aquilo que as pessoas imaginam, mas não realizam.   Parecia que Rony não tinha medo de nada e de ninguém.  Zezinho sabia que uma parte do "respeito" que os outros davam a Rony era por medo de sua língua ferina, e do seu jeitão explosivo.  Apesar disto, defendia sua amizade com Rony pensando que talvez pudesse influenciá-lo positivamente através de sua vida.    Mas todas as suas justificativas foram por água abaixo no dia em que ele foi suspenso da escola juntamente com Rony, por estar na companhia dele quando este xingou o diretor.  Infelizmente, não foi Rony mas, sim, Zezinho quem teve de dar satisfação aos seus pais . . . 

Leia Provérbios 22.24,25; 24.21,22 

Para Refletir: 

Leia 1 Coríntios 5.9-13. 

Conforme o apóstolo Paulo, o crente deve evitar que tipo de mau companheiro?  

Dia 3  "Escolhendo Bons Amigos"

 "O bom companheiro provoca melhoras

No seu amigo em todas as horas." 

Todo o mundo aplaudiu quando finalmente Lígia concordou em namorar Roberto.  Ele era um "gatão"--bonito, atlético, inteligente, de uma família respeitada.  Os pais de Lígia ficaram super felizes.  Todas as suas amigas ficaram com ciúmes. Todas--menos uma.   Kátia, sua melhor amiga, não falou muito no início.  Mas depois de observar o namoro por algum tempo, chamou  Lígia do lado, e apontou algumas coisas que a haviam perturbado: 

   "Lígia, estou preocupada.  Você não é mais a mesma pessoa.  Gosto do Roberto, mas parece que ele não tem um compromisso sério com Deus.  E confesso que não me sinto bem com a rapidez deste namoro." 

O amigo verdadeiro é tão agradável como perfume, mas quando necessário, é duro como uma pedra de afiar.  

Leia Provérbios 27:9,17 para descobrir estas características do bom amigo. O verdadeiro amigo provoca melhoras na vida e no caráter de seu colega:     

   1) Ele dá conselho sadio, provavelmente porque aplica bem a sabedoria divina à necessidade do amigo.  Suas recomendações agradam seu companheiro porque dão certo!     

   2) Ele desafia o caráter de seu colega.  Mesmo que o processo doa, não desiste.  Outros ao seu redor percebem mudanças positivas. 

Para Refletir     

Leia 2 Co 6.14-18. 

Qual a razão que Paulo apresenta para não nos colocarmos em "jugo desigual" com incrédulos?  Como o princípio do "jugo desigual" se aplica às suas amizades 

Dia 4:  "Amigos para Sempre"

 "O amigo de verdade é muito raro

Pois lealdade  custa caro" 

Carmem não sabia como começara, mas não agüentava mais.  Alguém da igreja havia espalhado um boato sobre ela e seu namorado, Marcos.  Não era verdade, mas o que importava agora?  Domingo à tarde, ao entrar na sala de reunião da mocidade, sentiu a mudança nas conversas, e um frio paralisante. Depois do culto, nenhuma senhora cumprimentou-a, mas todas viraram as costas e fizeram de conta que ela não estava ali.  Justamente na hora em que decidia nunca mais voltar àquela igreja, sua melhor amiga, Márcia, chegou perto e abraçou-a: "Sei que você não é perfeita, Carmem, mas eu não acredito em nada do que estão dizendo.  Estarei do seu lado até o fim."

Leia Provérbios 17:17 e 27:16. 

Quais as características do “amigo verdadeiro”? 

Estes dois textos resumem  outra característica do verdadeiro amigo: ele é leal.  Sua  lealdade manifesta-se no consolo e no confronto:      

   1) Ele não abandona seu amigo nos tempos difíceis; pelo contrário, chega mais perto para consolá-lo nas horas de dificuldade.  Este compromisso de lealdade estende-se até a geração seguinte (cf. 27.10)!      

   2) O verdadeiro amigo não usa máscaras.  Fala o que o amigo precisa ouvir, não o que ele deseja ouvir.  Tem "peito" para confrontar porque ama o amigo mais que a própria amizade.  Por isso critica francamente quando for necessário. 

Para Refletir     

Leia Gálatas 6.1-5 e avalie seus relacionamentos. 

Você possui um amigo que tem liberdade (e coragem) para confrontá-lo?  Você tem disposição (e liberdade) para confrontá-lo também? 

Aplicação Final

   1)    Quem são as pessoas (os companheiros) que mais influenciam sua vida?  Provocam melhoras ou pioras na sua vida?  Como melhorar o quadro?

   2)    Você está namorando alguém que não compartilha sua fé em Cristo Jesus como Salvador?  O que você deve fazer?

   3)    Você tem sido um amigo leal/fiel?  Há alguém que ERA seu amigo com quem você precisa reconciliar-se?